NutriçãoOficina de Nutrição- Circuito

Voltar

Na terceira semana de aula, foi realizada mais uma oficina, nomeada de Circuito da Nutrição, com os alunos do Maternal ao 5º ano, do Integral.

Mas antes de começar a brincadeira, os alunos participaram de um desafio. Esse desafio visava a diagnosticar o entendimento das crianças sobre alimentos in natura (naturais), minimamente processados (que passaram por poucos processos na indústria) e processados ou ultraprocessados (que passaram por muitos processos na indústria), termos do atual Guia Alimentar para a População Brasileira. Foram projetadas no painel algumas imagens de alimentos das categorias citadas acima, e as crianças tinham de dizer a qual grupo os alimentos pertenciam.

Em seguida, as turmas participaram de um circuito de brincadeiras que continha perguntas de forma a testar os conhecimentos e promover uma alimentação saudável, de forma lúdica.

A partir do número de alunos da turma, eles foram divididos em times e escolheram quem ficaria com qual brincadeira do circuito. A fim de incentivar os alunos a participar, foi estipulado que a equipe que fizesse, em menor tempo, todas as fases, ganhava.

Foram realizadas as seguintes atividades:

· 1ª Fase: Amarelinha: com o início do cronômetro, a criança pulava a amarelinha e respondia a duas perguntas, uma na ida e outra na volta. Acertando-a, tocava na mão do colega, que realizava outra brincadeira.

· 2ª Fase: Bambolê: o aluno tinha de rodar o bambolê na cintura cinco vezes e tocar na mão do colega, para ir para a próxima etapa.

· 3ª Fase: Corda: a criança precisava pular 10 vezes com a corda e novamente tocar na mão do seu colega, para realizar a penúltima fase.

· 4ª Fase: Corrida do ovo: o aluno segurava uma colher na boca, equilibrando a bolinha de pingue-pongue (imaginando ser o ovo) na colher e atravessava o percurso, ida e volta. Terminando essa fase, todos do time iriam para a última brincadeira.

· 5ª Fase: Batata-quente: o time formava uma roda e passava a bola com o soar da música, como uma batata-quente tradicional. Quando a música parava, o aluno que ficava com a bola respondia a uma pergunta. Acertando-a, o cronômetro era parado.

Todas as brincadeiras estavam relacionadas a alimentos ou práticas alimentares, e o intuito, ao cronometrar o tempo, além da participação, era favorecer a união para realizarem o circuito e fazer com que compreendessem que, algumas vezes, ganhamos, e, em outras, perdemos, e que o mais importante é brincar.

Essa atividade foi realizada pela Nutricionista Thaísa Pereira, com a ajuda das estagiárias de Nutrição Beatriz Stern, Juliana Hocihara e Jumanah Majzoub e supervisionada pela Nutricionista Michelle Sposito.


Fotos






Endereço

Rua Major Carlo Del Prete, 1120
São Caetano do Sul - SP

Telefone

(11) 4229-2919
Segunda a Sexta, das 8h às 18h
Copyright© - Colégio Eduardo Gomes
Agência WebSide