Rotary

Conhecendo um pouco o Rotary

I. O surgimento

                  Paul Percy Harris, americano nascido em 1868, no estado de Wisconsin, foi criado, desde os três anos de idade, por seus avós paternos, responsáveis por moldar seu caráter, desenvolvendo firmeza de propósito, integridade, sinceridade, amor pelos seres humanos e, principalmente, pelas crianças. Sempre muito ativo, começou a trabalhar desde jovem como professor particular. Formou-se em Direito pela Universidade de Iwoa, sempre demonstrando grande interesse pela leitura. Gostando de conhecer pessoas e lugares, procurou trabalhar em empregos que lhe propiciassem viajar não só por seu país, mas também pelo exterior. De natureza amável e cordial, Paul Harris fez muitos amigos nos lugares por onde passou. Já maduro, resolveu fixar-se em Chicago, no início do século passado. Chicago era, então, uma cidade onde o crime e a corrupção tinham destaque e, ao mesmo tempo, experimentava um grande crescimento, proporcionando excelentes oportunidades para advogados. Em Chicago, sensível aos problemas enfrentados pelos cidadãos de bem, reuniu mais três amigos e fundou um clube para ser integrado por homens de negócios, onde, em ambiente informal e de amizade, cada atividade profissional estivesse representada. Esse clube iria proporcionar aos integrantes o preenchimento de um vazio em suas vidas: trabalhar para assuntos da comunidade e, ao mesmo tempo,  dignificar suas próprias profissões. Assim surgiu o ROTARY, em 23 de fevereiro de 1905.

                  Nota: Em 1936, Paul Harris esteve em São Caetano do Sul, visitando Armando de Arruda Pereira, então Diretor da Cerâmica São Caetano e Presidente do Rotary Clube de São Paulo, eminente rotariano, que viria a ser o primeiro brasileiro a presidir o Rotary Internacional, em 1941/1942. Como era de seu feitio plantar árvores pelos lugares por onde passava, Paul plantou, próximo à casa de Armando, um cedro, que hoje, transplantado, compõe o arvoredo da Praça 1º de maio. Ao plantar o cedro, Paul Harris vaticinou: “no futuro, toda esta região irá experimentar um grande desenvolvimento e, então, muitos Rotary Clubes aqui serão criados”.

II. O que é o Rotary hoje?

                  Dadas as mudanças ocorridas no mundo e a inserção do sexo feminino no mercado de trabalho, desde 1989, o Conselho de Legislação de Rotary International aprovou a admissão de mulheres como associadas de Rotary Clubes em todo o mundo. Foi uma decisão feliz, possibilitando aos clubes contarem também com as características e aptidões do sexo feminino. Tal fato fez com que nosso quadro associativo crescesse ainda mais, permitindo que mais pessoas possam utilizar seus talentos para construir um mundo melhor! Cedo, elas começaram a galgar posições na organização, ocupando funções importantes na  estrutura administrativa. Hoje, são mais de 248 mil, representando 20% dos quadros do Rotary International.

                  Assim, homens e mulheres das mais diversas profissões, culturas e nacionalidades nos dão uma perspectiva única. A paixão que compartilhamos pelo servir nos ajuda a realizar coisas extraordinárias, transformando a vida de milhares de pessoas que, muitas vezes, por falta de oportunidades deixam de realizar os seus sonhos! E, nós, escudeiros do servir, estamos presentes para oferecer essas oportunidades!

III. Qual é o seu tamanho?

                  Com mais de um século de existência, o Rotary está presente em 219 países ou regiões, contando com 35.228 clubes, reunindo 1.228.688 rotarianos. No Brasil, existem de 2.397 clubes, com um total de  55.790 rotarianos.

IV. O Rotary e as novas gerações

                  Para os jovens, o Rotary patrocina a criação de Interact Clubes, que reúnem jovens dos 12 aos 18 anos de idade. Os Rotaract Clubes são patrocinados para universitários e profissionais dos 18 aos 30 anos de idade. Existem, no mundo, 8.583 clubes de Rotaract e 18.922 clubes de Interact, congregando, no total, mais de 632 mil jovens. Está em fase de experiência a formação do Rotary kids para a participação de crianças de 8 a 12 anos.

V. Obras e feitos do Rotary

         Por intermédio da Fundação Rotária, de âmbito mundial, o Rotary mantém programas permanentes de: Bolsas Educacionais de Equipe de Formação Profissional; Subsídios Globais que suportam projetos de Saúde; Desenvolvimento Comunitário; Assistência em Casos de Desastre; Bolsas Pró-paz; Campanha Pólio Plus e Meio Ambiente.

VI. Destaque para a Campanha Pólio Plus

              Nenhuma organização não governamental jamais apresentou um nível de comprometimento como o do Rotary com a campanha Pólio Plus. Os esforços envidados por esse programa constituem a maior iniciativa de prestação de serviços humanitários e é motivo de muito orgulho para os rotarianos. Desde 1988, o Rotary, unido à Organização Mundial de Saúde e ao Unicef, vem ajudando os governos de diversos países, com o intuito de atingir a erradicação da poliomielite da face da Terra. O Rotary tem contribuído com as vacinas e voluntários para a vacinação, desde o início da campanha. No Brasil, felizmente, a erradicação já foi atingida, porém, no mundo, ainda existem focos, no Afeganistão e no Paquistão, em vias de serem debelados.

VII. Obras e feitos regionais

                  Com o objetivo de auxiliar nos programas internacionais, os Rotary Clubes estão voltados, principalmente, para as carências das comunidades onde atuam. Em 62 anos de história, em São Caetano do Sul, e desde que aqui foi constituído o primeiro clube, Rotary Clube de São Caetano do Sul, fundado em 19 de maio de 1951, o Rotary esteve presente direta ou indiretamente em muitas conquistas e realizações importantes para a comunidade sulsancaetanense e regional, atuando em forma de apoio a instituições já existentes ou em formação.

1951 - Sociedade Beneficente Hospitalar São Caetano, Hospital de Beneficência Portuguesa, Instituto Nossa Senhora da Glória, Creche do Instituto Associação Santa Tereza de Amparo aos Cegos, Abrigo Irmã Tereza.

1952 - O Rotary Clube de São Caetano do Sul apadrinha a criação do Rotary Clube de São Bernardo do Campo, fundado em 20 de dezembro.

1953 - O Rotary participa, diretamente, da fundação da APAMI - Associação de Proteção à Maternidade e à Infância e da instalação do primeiro Posto de Puericultura “Aracy Torres Campanella”.

1953/1954 - Juntamente com outras entidades regionais, o Rotary teve papel destacado na criação da CTBC - Companhia Telefônica da Borda do Campo, a qual veio a ser fator decisivo para o grande desenvolvimento econômico experimentado, desde então, por toda a região.

1954 - É criada e instalada a Biblioteca Pública Municipal “Paul Harris”, primeira biblioteca pública de São Caetano do Sul, como importante iniciativa do Rotary. Para a juventude, é organizado o Clube Pan-Americano.

1955 - Em homenagem à Força Expedicionária Brasileira, o Rotary ergue um monumento em praça pública, reverenciando a bravura e o heroísmo dos brasileiros combatentes na 2ª Guerra Mundial, entre eles, alguns cidadãos sulsancaetanenses.

1956 - O Rotary faz erguer, em praça pública, um busto em bronze, homenageando o grande cidadão, empresário, político e rotariano Armando de Arruda Pereira. Hoje, esse busto encontra-se no saguão de entrada da Escola Senai, a qual tem seu nome. É criado mais um clube para jovens: o Orbis Clube.

1957 - Sempre voltados às necessidades da comunidade, os rotarianos unem-se aos industriais de São Caetano do Sul e conseguem a instalação de uma Diretoria do CIESP na Cidade, espaço onde os industriais podem, organizadamente, discutir e equacionar seus problemas. Nesse mesmo ano, o Rotary patrocina a edição do livro “IV Séculos de História”, de autoria do sulsancaetanense José de Souza Martins, hoje emérito professor da Universidade de São Paulo.

1962 - É criada a Casa da Amizade de São Caetano do Sul, entidade, então, formada e dirigida por cônjuges de rotarianos, que viria a desenvolver importantes trabalhos de apoio e auxílio às comunidades mais carentes.

1967 - O Rotary Clube de São Caetano do Sul apadrinha a criação do Rotary Clube de São Caetano do Sul - Oeste, fundado em 02 de fevereiro.

1968 - O Rotary e a Casa da Amizade inauguraram sua sede própria, construída em terreno cedido, em comodato, pela municipalidade, prédio onde se proporcionou formação profissional e creche para abrigo de crianças filhas de operários, que passou a ser também ponto de reunião dos Rotary Clubes da cidade.

1971 - O Rotary e a Casa da Amizade dedicam-se à construção do prédio do Lar Menino Jesus, doado, em seguida, à Diocese de Santo André, para sua manutenção.

1972 - O Rotary Clube de São Caetano do Sul apadrinha a criação do Rotary Clube de São Caetano do Sul-Leste, fundado em 23 de fevereiro.

1981 - Os Rotary Clubes, então existentes em São Caetano, reúnem-se e instituem a Fundação de Rotarianos de São Caetano do Sul, que cria o Colégio Eduardo Gomes, estabelecimento escolar que viria a alcançar alto padrão de ensino, ganhando respeitável conceito na comunidade sulsancaetanense, sendo o orgulho e motivo de cuidados permanentes de sua instituição mantenedora.

1987 - O Rotary Clube São Caetano do Sul-Leste apadrinha a criação do Rotary Clube São Caetano do Sul-Olímpico, fundado em 13 de abril.

1997 - A Casa da Amizade passa a manter um “Núcleo Infantil” para cuidar de crianças com dificuldades de aprendizagem, mantendo ainda gabinete dentário para atendimento de crianças e  adultos, a preço praticamente de custo.

1999 - Os Rotary Clubes da região vêm, a cada ano, participando ativamente da campanha “McDia Feliz”, em que são arrecadados recursos para a Associação Projeto Crescer do ABC, instituição assistencial de auxílio a crianças e adolescentes com câncer.

2004 - A Fundação de Rotarianos de São Caetano do Sul inaugura a sede própria do Colégio Eduardo Gomes, numa área de 8.000m2, com toda a infraestrutura necessária para o desenvolvimento de práticas pedagógicas e esportivas. A Casa da Amizade de São Caetano do Sul reforma seus estatutos, para, além dos cônjuges de rotarianos, admitir, como associados, rotarianos e outros que, por convite, queiram dela participar.

2006 - A Fundação de Rotarianos de São Caetano do Sul e o Colégio Eduardo Gomes promovem festividade de seu “Jubileu de Prata”, homenageando seus fundadores, diretores, dirigentes e colaboradores, que trabalharam para alcançar esse marco.

2007 - O Rotary Clube São Caetano do Sul-Olímpico funda o Rotaract Clube de São Caetano do Sul-Olímpico, em 07 de dezembro.

2008 - Os quatro clubes de Rotary, com apoio da Fundação de Rotarianos, criam, em 30 de abril, o Interact Clube de São Caetano do Sul-EG, constituído por alunos do Colégio Eduardo Gomes.

2009 - Com o apoio da Fundação de Rotarianos de São Caetano do Sul, o Colégio Eduardo Gomes institui, na Diretoria de Esportes, a Escola de Atletas, que conta também com o apoio de entidades como o SESI-CN.

2010 - A Fundação de Rotarianos de São Caetano do Sul e o Colégio Eduardo Gomes executam obras de expansão do prédio. São construídas doze novas salas de aula, um pátio, outra cantina, uma sala de atendimento pedagógico, mais uma sala de multimídia, uma área para esportes, um terraço, espaço de convivência, uma sala de TI (Tecnologia da Informação) e uma sala de reuniões.

- O Rotary Clube São Caetano do Sul-Olímpico funda o Rotary Kids de São Caetano do Sul-Olímpico, em abril.

2013 – Readequação de instalações área destinada aos alunos dos períodos integral e semi-integral.

2014 – Colocação de piso (padrão internacional NBA RECOMA) na quadra poliesportiva do Colégio Eduardo Gomes, com apoio do Sesi-CN.

2018 – A Fundação de Rotarianos de São Caetano do Sul e o Colégio Eduardo Gomes concluem o plano diretor com a finalização das obras do Bloco V, com um terreno de 8.000m2 e 17.000m2 de área construída para uso dos alunos e de toda a comunidade escolar. O novo prédio tem quatro andares, há duas quadras cobertas, sala de ginástica artística e rítmica, refeitório para funcionários, restaurante, departamento médico (com salas de fisioterapia), academia, sala de dança, sala de judô, sala multiúso, espaço maker (elétrica, hidráulica, mecânica, marcenaria, corte e costura, programação, oficinas), laboratórios (Ciências, Biologia, Física e Química), estúdio (Rádio, TV e Fotografia), salão de festas, espaço multimeios (com salas de estudo), salas ambientes, cozinha experimental e um espaço para o Cel.Lep In School.

 

VIII. Ética

                  Para fomentar constantemente um elevado padrão de Ética, o Rotary recomenda que examinemos o que pensamos, dizemos ou fazemos, com 4 perguntas básicas, que constituem a palavra “Prova Quádrupla”:

1. É a verdade?

2. É justo para todos os interessados?

3. Criará boa vontade e melhores amizades?

4. Será benéfico para todos os interessados?

 

IX. Onde contatar o Rotary em São Caetano do Sul

                  Convidamos os leitores a participar do Rotary, Rotaract e Interact, ou conhecê-los melhor.  Contate um Rotary Clube da sua cidade.

 

1. Rotary Clube de São Caetano do Sul

Reuniões às segundas-feiras, às 19h30min

Local: Restaurante 7 mares

Estr. das Lágrimas, 1816

2. Rotary Clube de São Caetano do Sul-Oeste 

Reuniões às terças-feiras, às 20h

Local: Casa da Amizade

Rua Cav. Ernesto Giuliano, 1253

3. Rotary Clube de São Caetano do Sul-Leste

Reuniões às quartas-feiras, às 20h

Local: Casa da Amizade

Rua Cav. Ernesto Giuliano, 1253 

4. Rotary Clube de São Caetano do Sul-Olímpico

Reuniões às quintas-feiras, às 20h30min

Local: Casa da Amizade

Rua Cav. Ernesto Giuliano, 1253

5. Rotaract Clube de São Caetano do Sul-Olímpico

Reuniões a cada 15 dias, aos domingos, às 20h

Local: Casa da Amizade

Rua Cav. Ernesto Giuliano, 1253

6. Interact Clube de São Caetano do Sul-Olímpico

Reuniões quinzenais, aos domingos

Local: Casa da Amizade

Rua Cav. Ernesto Giuliano, 1253

7. Rotary Kids de São Caetano do Sul - e São 

Caetano do Sul-Olímpico

Reuniões mensais, aos domingos

Local: Casa da Amizade

Rua Cav. Ernesto Giuliano, 1253

Rotary!

Se você não puder fazer por ele, seja, pelo menos, seu amigo!

 

Autor do texto: Juvenal Francisco Cianfarani

Revisão: Gov. Marcos Luiz Zanardo  

 

“PRESERVE O PLANETA TERRA.”

Antes mesmo de ações mais concretas pela preservação do meio ambiente ganharem espaço na mídia, antes do surgimento de uma consciência coletiva sobre a importância do assunto, Paulo Viriato Correa da Costa, terceiro brasileiro a presidir o Rotary International, 1990/1991, lançava, durante sua presidência, um apelo: “Preserve o Planeta Terra”.

Mais de vinte anos passados, vemos como o apelo de Paulo Viriato era procedente.

Como rotarianos, temos o bem da humanidade como nossa missão. Ela não sobreviverá aos danos que temos causado ao planeta, se estes não forem detidos ou, pelo menos, reduzidos.

Sustentabilidade é o entendimento de que é possível passarmos às gerações futuras um planeta ainda habitável, desde que excessos sejam contidos a tempo.

Assim motivados, assumimos, no Colégio Eduardo Gomes, o compromisso de aplicar e divulgar esse conceito, criando uma consciência de sustentabilidade entre alunos, pais e funcionários, de maneira a contar com seu apoio às medidas que venham ao encontro desse objetivo.

 

Contamos com você!

Junte-se a nós!

 




Endereço

Rua Major Carlo Del Prete, 1120
São Caetano do Sul - SP

Telefone

(11) 4229-2919
Segunda a Sexta, das 8h às 18h
Copyright© - Colégio Eduardo Gomes
Agência WebSide